top of page

Quipea fortalece comunidades quilombolas em 2024

O ano de 2024 começou com o planejamento de atividades voltadas para o fortalecimento da organização social e autonomia das comunidades quilombolas do Quipea. Neste ano haverá a continuidade da Fase 4 com ações para aprimorar o entendimento da relação entre as ações pedagógicas do projeto e a mitigação dos impactos socioambientais da indústria do petróleo e gás. Além disso, a Avaliação do Quipea entra em sua segunda etapa, com a realização de grupos focais e entrevistas com os moradores e representantes das comunidades.


Em março a Formação da equipe executora trouxe interação e avisos importantes sobre o planejamento das atividades. Em abril, a Formação da Comissão Articuladora terá como tema Fortalecimento dos Territórios e Organização de Reuniões de Colegiado, com o objetivo de trazer para a Comissão a importância da organização dos grupos sociais a partir do trabalho de base e da educação popular, de modo a melhorar sua participação em outros espaços, como Conselhos e Comitês, por exemplo. O encontro vai acontecer em Campos dos Goytacazes, RJ. Após esta atividade, acontecerá a Visita Orientada entre as comunidades na comunidade quilombola de Barrinha, em São Francisco de Itabapoana, RJ.

Em abril também serão lançados os 7 fascículos da Cartografia Social das sete comunidades quilombolas que precisaram ter suas atividades de campo interrompidos em virtude da pandemia: Sobara (Araruama – RJ), Preto Forro (Cabo Frio – RJ), Santa Luzia (Quissamã – RJ), Batatal (Campos do Goytacazes – RJ), Conceição do Imbé (Campos dos Goytacazes – RJ), Barrinha (São Francisco do Itabapoana – RJ) e Graúna (Itapemirim – ES).


Formação da Comissão Articuladora do Quipea, realizada em julho de 2023 (Campos dos Goytacazes – RJ)


Visita orientada entre comunidades, realizada em abril de 2023, em Sobara (Araruama – RJ)

Também no mês de abril estão programadas reuniões regionais da Rede de Apoio Mútuo e acompanhamento de editais e projetos, atividade de apoio técnico e troca de informações e experiências entre comunitários do Quipea. Desta vez, os encontros serão presenciais, de forma a se exercitar, na prática, a escrita de projetos para editais e incentivos governamentais.

As reuniões vão acontecer na região dos Lagos, Norte Fluminense e São Francisco de Itabapoana com Espírito Santo, e vão contar com consultoria especializada.


Reunião on-line da Rede de Apoio Mútuo de editais e projetos, junho de 2023


Outra atividade que vai acontecer em abril é o tão aguardado Intercâmbio Cultural. Nesse encontro as comunidades visitam um quilombo que não faz parte do Quipea, e o quilombo a ser visitado deve ter como critério de escolha sofrer impactos da indústria do petróleo e atuar no enfrentamento de tais impactos. Trata-se de um momento importante de diálogo e aproximação entre comunidades quilombolas de dentro e de fora do Quipea, por meio de aprendizado mútuo e renovação de laços e articulação social.



4º Intercâmbio Cultural, realizado em 2018 no Quilombo Brejão dos Negros, em Brejo Grande - SE


Também está prevista a realização da atividade de Instrumentalização para a inclusão digital, com a gravação dos tutoriais 4 e 5 do Quipea. Esses tutoriais têm como objetivo capacitar os educadores juniores do projeto para a produção de vídeos que ensinam noções básicas sobre aplicativos e redes sociais, e mais uma vez eles vão ser distribuídos por WhatsApp e postados no Facebook para seus pares quilombolas. Depois de terem produzido tutoriais sobre WhatsApp, Gov.br e CapCut no ano passado, os próximos temas serão Live e Podcast.



7º Evento Cultural Quilombola do Quipea, outubro de 2023


Mais uma edição do Evento Cultural vem por aí, dessa vez em agosto! Este ano a comunidade que vai sediar o evento será Mutum, em Quissamã, RJ. O objetivo desta atividade grandiosa é o fortalecimento da cultura e da ancestralidade quilombola e a conquista de visibilidade pública e política por parte dos quilombos, com a realização de mesa-redonda com um tema de interesse quilombola e o encontro das 21 comunidades quilombolas apresentando suas manifestações artísticas, seu empreendedorismo e sua resistência coletiva. Além disso, no segundo semestre haverá continuidade das reuniões ordinárias da Comissão Articuladora e a realização das atividades de Apoio ao 20 de novembro – manifestações da consciência negra.


Aguardem as próximas notícias, vamos contar tudo por aqui!

Comments


shell@300x-8.png

OPERADOR:

ÓRGÃO LICENCIADOR:

A realização do Quipea é uma medida mitigadora exigida pelo Licenciamento Ambiental Federal conduzido pelo IBAMA.

logo_quipea_final.png
bottom of page